10 regras de como escolher as fontes perfeitas

 

Atualmente escolher uma fonte tornou-se um verdadeiro desafio. Com a existência de milhares de fontes gratuitas e pagas, é complicado saber por onde começar. Tantas opções, por onde iniciar? Não há uma resposta concreta a esta questão. No entanto, existem algumas orientações que ajudam a tomar uma decisão estruturada.

 

 

AS FONTES TRANSMITEM MAIS DO QUE PALAVRAS.

 

1. Seja emotivo

A fonte desencadeia emoções. Não estou sugerindo que uma fonte tenha o poder de trazer lágrimas ou fazer rir até doer a barriga. Mas pode causar humor no projeto global. Pode ser divertido, casual, grotesco, clean ou antiquado, escolha uma fonte que capture um sentimento.

Imaginemos que está desenvolvendo um logotipo para uma empresa financeira. É provável que utilize uma fonte que transmita o sentimento de segurança e protecção, correto? Verifique o exemplo que se segue, uma a fonte formal e tradicional.

 

2. Escolha uma fonte

Não estou sugerindo que exclua fontes diferentes. Ocasionalmente, algo peculiar é o ajuste perfeito! Em modo geral, a melhor aposta será utilizar fontes já testadas e “aprovadas”. São versáteis porque a grande maioria tem estilos e espessuras, que pertencendo à mesma família não distrai tanto o leitor.

 

3. Tenha cuidado ao utilizar fontes incomuns

As fontes de exibição impactante ou decorativas devem ser utilizadas com moderação. Facilmente causam ruído visual e sobre tudo pouca legibilidade, certamente não é esse o seu objetivo ao desenvolver por exemplo, um flyer. Este tipo de fonte é comum ser usado em linhas de texto curtas ou com o intuito de causar ênfase. Como pode ver no exemplo abaixo, existe uma enorme diferença entre a fonte comum para a fonte decorativa no que se refere ao seu uso em texto.

 

4. Use a combinação de fontes com eficácia

A combinação de duas ou mais fontes pode tornar-se complicado. A regra geral é usar uma combinação serif e san serif neutra, é mais seguro, fácil e funcional. Pode utilizar “Helvetica” como manchete e o corpo de texto em “Times New Roman”.

Se não for do seu agrado, tente combinar fontes antigas com modernas. Que tal um script com um san serif? Se usar deste modo, é importante prestar atenção ao contraste entre as fontes que escolhe, certifique-se que há contraste suficiente entre ambas para separá-las. Se as fontes forem muito semelhantes, poderá dar a sensação de desconcertado. Combinar a “Helvetica” e “Arial”, por exemplo, dá a sensação de descuido invés de design consciente.

Deixo algumas ideias. Utilize duas fontes com espessuras significativamente diferentes, combine uma fonte de exibição com um san serif ou diferentes espessuras dentro da mesma família ou até mesmo estilos como um “Arial Narrow” com “Arial Black”. As possibilidades são infinitas.

 

5. Não exagere com a quantidade de fontes utilizadas em um projeto

Não seja desagradável! Sugiro que não utilize mais do que duas fontes nos seus projetos, só em último caso, repito, muito raramente utilize uma terceira fonte. Mais do que três, o seu design vai parecer um design de segunda mão sem conceito e função.

 

6. Escolha uma fonte que tenha os caracteres que necessita

Todos sabemos que existe algumas fontes que são apenas maiúsculas. Outras não incluem números, espessuras ou até estilos. Se estiver a desenvolver um artigo de revista, é provável que necessite de uma fonte que inclua o “pack completo”. Não quer dizer, que não haja projetos que não exija esses “extras”.

 

7. Importante ser legível

Algumas fontes são de mais fácil leitura em determinadas aplicações que outras. Por exemplo, uma sinalização do código de condução em script seria quase impossível ler, para não mencionar o quanto frustrante seria ler durante a condução. Por sua vez, uma fonte com boa espessura e clean aumenta instantaneamente a legibilidade.

Existe fontes já projetadas especificamente para determinadas aplicações como é o caso dos livros, onde existe felizmente fontes bem populares, estas são: “Garamond”, “Minion”, “Caslon”, “Jason” e “Bembo”. A “Times New Roman” foi projetada para jornais. Mas, não significa que não possa utilizar outras fontes.

 

8. Use fontes seguras para uso comercial

Está a desenvolver um anúncio comercial, um website? Certifique-se de que as fontes em questão estão disponíveis para essa utilidade. Existe licenças de utilidade, e até mesmo as fontes gratuitas, pode ter restrições, verifique sempre antes de as utilizar no seu futuro projeto.

 

9. Cuidado ao colocar texto sobre um fundo escuro

Uma vez que a maioria das fontes foram projetadas para serem impressas em preto sobre fundo claro, precisa ter cuidado ao escolher uma fonte que invertendo para um fundo escuro, deixa de ser legível. Outro caso, é o sangramento da tinta, imagine que vai desenvolver o design para a impressão de wind banners e utiliza fontes san serif, garanto que o fundo sendo escuro vai sangrar e diminuir ainda mais a legibilidade. Escolha uma fonte que seja ousada, mas ao mesmo tempo clean.

 

10. Seja criativo utilizando estas regras

Certo! Existem exceções a todas as diretrizes mencionadas. A criatividade é o pilar do design e o que o torna tão interessante. A tipografia é algo que se desenvolve ao longo do tempo e exige testes e erros infinitos. Eventualmente, torna-se um processo fácil e natural. Divirta-se!

 

 

Se estiver a desenvolver um design e futuramente vai necessitar de realizar a impressão, fique a conhecer a Sydra uma gráfica online, que prima pela qualidade de serviço e entrega rápida.

 

Gostou deste artigo? Compartilhe a sua opinião!

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão as nossas dicas.



as melhores fontes, baixar fontes, baixar fontes grátis, designer gráfico, fonte, fonte tipográfica, fontes, fontes bonitas e gratuitas, fontes confiáveis, fontes de letras diferentes, fontes de letras online, fontes grátis, fontes gratuitas, fontes letras, fontes online, melhores fontes, tipos de letra gratis


Nídia Silva

Nídia Silva

Designer de profissão e Blogger. Tem como paixão escrever sobre tudo que rege o universo da comunicação visual e decoração. Adora compartilhar conteúdo, como dicas, ideias inspiradoras e informações úteis, e sim, confessa que sofre de infobesity.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Horário de Atendimento
Seg. a Sex.
9:00h - 13:00h
14:30h - 18:30h

+351 227 122 009